Investidores ativos: 62471           ТApoio técnico: support@incloude.com support@incloude.com +18888181760 +448000418114

Notícias

Bitcoin
Bitcoin

Caros parceiros! Trabalhar com o sistema BTC voltou ao regime anterior. A entrada e retirada de fundos para o sistema BTC foi restaurada e agora está segura.

18-11-2017 Detalhes
Bitcoin
Bitcoin

Em preparação para o próximo garfo, gostaríamos de ser transparentes com nossos procedimentos para garantir que ninguém esteja confuso sobre o que acontecerá com nossos serviços antes e depois do garfo.

Bitcoin Segwit2x (B2X)
Para começar com o Bitcoin Segwit2x (B2X), a menos que haja uma grande demanda por nossos usuários, não estaremos apoiando esta versão do Bitcoin. Só iremos apoiar a principal cadeia Bitcoin. Se você quiser Bitcoin Segwit2x, você precisaria retirar seus fundos para uma carteira que você controla as chaves privadas antes do hardfork.


Serviços suspensos?
Começaremos por suspender todas as transações da Bitcoin às 11:59 PM EST em 16 de novembro. Isso incluirá todos os depósitos, retiradas e conversões via site, API e aplicativo móvel. Esta será uma suspensão do bitcoin do sistema em nossa plataforma de pagamento. Para tentar evitar quaisquer moedas mal colocadas / perdidas, quaisquer retiradas ou conversões de bitcoína pendentes serão canceladas em torno do momento da suspensão.


Tempo estimado de serviços remanescentes?

17-11-2017 Detalhes
Futuros do ouro em alta durante a sessão Europeia
Futuros do ouro em alta durante a sessão Europeia

 Os futuros do ouro estiveram em alta durante a sessão Europeia na sexta-feira.

Na divisão Comex da Bolsa Mercantil de Nova Iorque, os futuros do ouro em dezembro foram negociados na entrega a USD1.283,68 por onça troy no momento da escrita, a subir 0,43%.

Antes negociaram na alta da sessão a USD por onça troy. O ouro estava propenso a encontrar apoio em USD1.269,70 e resistência em USD1.290,00.

O Índice Dólar Futuros, que acompanha o desempenho do dólar norte-americano em comparação com a cesta das seis principais moedas, caiu 0,28% para negociação a USD93,58.

Em outra parte da divisão Comex da Bolsa Mercantil de Nova Iorque, a prata para entrega em dezembro subiu 0,13% para negociação a USD17,094 por onça troy enquanto o cobre para entrega em dezembro subiu 0,36% para negociação a USD3,059 por libra.

17-11-2017 Detalhes
Futuros do gás natural em alta durante a sessão Europeia
Futuros do gás natural em alta durante a sessão Europeia

 Os futuros do gás natural estiveram em alta durante a sessão Europeia na sexta-feira.

Na Bolsa Mercantil de Nova Iorque, os futuros do gás natural em dezembro foram negociados na entrega a USD3,098 por milhão de unidades térmicas britânicas (BTU) no momento da escrita, a subir 1,47%.

Antes negociaram na alta da sessão a USD por milhão de unidades térmicas britânicas (BTU). O gás natural estava propenso a encontrar apoio em USD3,046 e resistência em USD3,231.

O Índice Dólar Futuros, que acompanha o desempenho do dólar norte-americano em comparação com a cesta das seis principais moedas, caiu 0,26% para negociação a USD93,60.

Em outra parte da Bolsa Mercantil de Nova Iorque (Nymex), o petróleo bruto para entrega em dezembro subiu 0,62% para negociação a USD55,48 por barril enquanto o óleo para aquecimento para entrega em dezembro subiu 0,26% para negociação a USD1,9071 por galão.

17-11-2017 Detalhes
Futuros do ouro em alta durante a sessão Asiática
Futuros do ouro em alta durante a sessão Asiática

Os futuros do ouro estiveram em alta durante a sessão Asiática na quinta-feira.

Na divisão Comex da Bolsa Mercantil de Nova Iorque, os futuros do ouro em dezembro foram negociados na entrega a USD1.278,57 por onça troy no momento da escrita, a subir 0,07%.

Antes negociaram na alta da sessão a USD por onça troy. O ouro estava propenso a encontrar apoio em USD1.269,70 e resistência em USD1.289,61.

O Índice Dólar Futuros, que acompanha o desempenho do dólar norte-americano em comparação com a cesta das seis principais moedas, subiu 0,12% para negociação a USD93,83.

Em outra parte da divisão Comex da Bolsa Mercantil de Nova Iorque, a prata para entrega em dezembro subiu 0,08% para negociação a USD16,984 por onça troy enquanto o cobre para entrega em dezembro subiu 0,23% para negociação a USD3,058 por libra.

16-11-2017 Detalhes
ACÇÕES PORTUGAL-Sonae e NOS conduzem PSI20 para liderança na Europa, sectores recuperam
ACÇÕES PORTUGAL-Sonae e NOS conduzem PSI20 para liderança na Europa, sectores recuperam

LISBOA, 16 Nov (Reuters) - O índice PSI20 .PSI20 lidera os ganhos na Europa, impulsionado pela boa prestação de grande parte das cotadas, com destaque para a Sonae , que ontem reportou resultados acima do previsto, e para a NOS, à boleia das bolsas europeias que revertem da maior série de derrotas desde Outubro de 2016, segundo traders.
* "Hoje os mercados estão globalmente positivos, a recuperarem das quedas das últimas sessões, com os principais índices accionistas a testarem suportes técnicos importantes, sem quebrar, algo muito positivo para o futuro", disse João Travassos, trader da Orey iTrade.
* O português PSI20 segue nos 5.338,4 pontos.
* Os títulos do conglomerado Sonae YSO.LS valorizam 3,28 pct para 1,01 euros, sendo o título que mais ganha do índice PSI20, e as acções da telecom NOS sobem 2,88 pct para 5,50 euros.
A parceria entre ambas é "exemplar" e para manter, segundo o Chief Operating Officer (COO) do conglomerado português, Luís Reis, acerca da 'joint venture' com Isabel dos Santos na NOS.
A Sonae partilha o controlo da NOS através do veículo Zopt, dividido 50/50 com a empresária angolana. A Zopt tem 52,15 pct da NOS.
* Para João Travassos, trader da Orey iTrade, a subida da Sonae deve-se "aos resultados positivos, algo que deu impulso a esta subida de hoje, e voltou ao nível técnico de 1 euro. É importante que se mantenha por aqui, para manter um nível de crescimento saudável", frisou o trader.
O lucro da Sonae foi melhor do que o previsto, apesar do recuo de 3 pct para 133 milhões de euros nos primeiros nove meses de 2017, penalizado pela comparação com um período homólogo em que fez encaixes 'one off' e sob a forte pressão competitiva, anunciou a empresa.
O EBITDA subjacente subiu 9,6 pct para 221 ME e as vendas expandiram 6,9 pct para 4.115 ME.
André Rodrigues, analista do Caixa BI, disse que "se verificou um crescimento sólido de receitas, com destaque para o segmento não alimentar, num contexto de descida expressiva da margem EBITDA da Sonae MC".
Realçou que as vendas da Sonae MC - retalho alimentar - aumentaram em termos homólogos 4,8 pct, com um crescimento de vendas Like-for-Like (LFL) de 0,5 pct.
* As acções da EDP-Energias de Portugal EDP.LS ganham 1,13 pct para 3,04 euros e a EDP Renováveis EDPR.LS valoriza 0,82 pct para 7,00 euros. A REN-Redes Energéticas de Portugal RENE.LS soma 1,49 pct para 2,65 euros.
* O Millennium bcp BCP.LS soma 1,23 pct para 0,26 euros.
* O sector dos serviços financeiros, recursos básicos e tecnologias na Europa, estão entre os melhores 'perfomers', impulsionando os mercados, enquanto a recuperação dos preços do petróleo ajudam no suporte às acções das energéticas e mineiras.
* A petrolífera Galp Energia GALP.LS avança 1,16 pct para 16,07 euros, com o preço dos futuros do petróleo Brent LCOc1 a somar 0,08 pct para 61,92 euros por barril.
Os mercados do petróleo avançaram esta quinta-feira à medida que as expectativas de que a OPEP irá decidir extender os cortes de produção, numa reunião no fim deste mês, contraria o peso do crescimento da produção e de refinarias de petróleo nos EUA.
* O operador postal CTT CTT.LS soma 3,46 pct para 3,29 euros.
"Os CTT estão a subir bastante e é possível que as acções avancem ainda mais depois da empresa ter anunciado cortes nos trabalhadores e podemos estar perante um plano de reestruturação" concluiu o trader.
* A Jerónimo Martins JMT.LS ganha 0,92 pct para 15,84 euros.
* As acções da Altri ALSS.LS sobem 2,32 pct para 5,28 euros e a Navigator NVGR.LS soma 1,62 pct para 4,13 euros. A Semapa SEM.LS , que controla a Navigator e é dona da cimenteira Secil, avança 2,16 pct para 16,07 euros.
* A Corticeira Amorim CORA.LS avança 1,42 pct para 11,42 euros e a construtora Mota Engil MOTA.LS soma 1,24 pct para 3,27 euros.
* A cair está a 'holding' Pharol PHRA.LS , maior accionista da telecom brasileira Oi OIBR4.SA . A Pharol cai 0,29 pct para 0,34 euros, prejudicada pelo processo judicial emitido ontem pela Espirito Santo internacional e pela questão judicial que envolve a Oi.
EUROPA RECUPERA DE MÍNIMOS
As acções europeias estão a disfrutar de uma recuperação nesta quinta-feira, revertendo a sua maior série de quedas desde Outubro de 2016, à medida que os sectores cíclicos, que impulsionaram uma 'sell-off' em todo o mercado, voltaram.
* Reflectindo a tendência europeia como um todo, o STOXX 600 .STOXX , que segue as 600 maiores cotadas da região, valoriza 0,54 pct. O Eurofirst 300 .FTEU3 soma 0,47 pct, enquanto o STOXX 50 .STOXX50 , que segue um conjunto mais restrito de 'blue chip', ganha 0,4 pct.
* A empresa de telecomunicações francesa Bouygues BOUY.PA lidera os ganhos, subindo 3,8 pct depois de aumentar a sua previsão de lucro para o ano, suportada por um salto robusto de 37 pct nos lucros dos nove meses.
* A londrina 3i (LON:III) Group também subiu cerca de 4 pct, depois dos resultados, enquanto as acções do operador postal Royal Mail sobem depois das quedas nas receitas terem sido menores do que o esperado.
* Em Wall Street, o Nasdaq .IXIC perdee 0,08 pct, o S&P 500 .SPX desvalorizou 0,55 pct e o Dow Jones Industrial Average .DJI contraiu 0,59 pct.

 

16-11-2017 Detalhes
BREVE-Glintt apresenta lucro 870 mil euros no 3ro trimestre 2017
BREVE-Glintt apresenta lucro 870 mil euros no 3ro trimestre 2017

LISBOA, 15 Nov (Reuters) - A Glintt GLINT.LS teve um lucro de 870 mil euros no terceiro trimestre de 2017, de 804 mil euros registados no mesmo período de 2016, o que representa um aumento de 8,1 pct.
** O EBITDA foi de 5 milhões de euros, menos 10,1 pct, em termos homólogos. Esta queda é justificada pela Glintt, num comunicado, com o forte investimento feito em recursos humanos "que tem sido efectuado com o objetivo de sustentar o crescimento esperado".
** O volume de negócios da Glintt ascendeu a 51 milhões de euros, mais 3,7 pct face ao terceiro trimestre do ano transato, apoiado pelo aumento de 16,3 pct nas vendas.
** O volume de negócios obtidos em mercados internacionais representa 28 pct do volume de negócios total, com a forte contribução do mercado espanhol que compensou "uma evolução desfavorável em Angola, Brasil, Reino Unido e Irlanda".
** A empresa referiu ainda que pretende "dar continuidade à estratégia de especialização e foco no sector da saúde (...), investir na captação, desenvolvimento e retenção de talento (...) e tornar mais robusto o processo de internacionalização". (Por Lisboa Editorial; Editado por Sérgio Gonçalves)

15-11-2017 Detalhes
ACÇÕES PORTUGAL-BCP e Galp pressionam PSI20, subidas NOS e EDP não evitam quedas
ACÇÕES PORTUGAL-BCP e Galp pressionam PSI20, subidas NOS e EDP não evitam quedas

LISBOA, 15 Nov (Reuters) - Após a pequena recuperação na sessão de ontem, o índice PSI20 .PSI20 volta às quedas pressionado pelo Millenium bcp, em linha com o sector da banca na Europa, e pela Galp, e nem as valorizações da EDP e NOS conseguiram segurar o índice em terreno positivo, segundo traders.
* O português PSI20 segue nos 5.250,33 pontos.
* O Millennium bcp BCP.LS perde 1,04 pct para 0,25 euros. num dia negativo para o sector na Europa .SX7P que cai 1,05 pct.
"O BCP entrou em queda e mantém o ritmo negativo, a inverter dos ganhos de ontem. No meu entender, e depois dos resultados em linha com o esperado, pensava que o banco ia prolongar os ganhos, mas como hoje o sector na Europa está muito em baixo, o Millenium está a ser pressionado", disse João Travassos, trader da Orey iTrade.
* A petrolífera Galp Energia GALP.LS perde 1,67 pct para 15,86 euros, com o preço dos futuros do petróleo Brent LCOc1 a perderem 0,93 pct para 61,63 euros por barril.
A queda nos preços do petróleo preocupa a previsão da procura e enfraquece o preço dos metais e as acções das energéticas e mineiras como as da Rio Tinto RIO.L , que caem 2,3 pct, e as da Royal Dutch Shell RDSa.L , que desvalorizam 1,4 pct.
Esta queda significa que os preços do petróleo estão a desvalorizar 5 pct desde que atingiram os máximos de 2015, na semana passada, acabando com um 'rally' de 40 pct entre Junho e início de Novembro. A 'holding' Pharol PHRA.LS , maior accionista da telecom brasileira Oi OIBR4.SA , cai 6,55 pct para 0,35 euros, depois de ter sido processada judicialmente pela Espirito Santo Internacional.
"A Pharol já segue em forte queda, com a pressão vendedora da questão judicial da Oi, e com o especular também de um possível recuo do plano. Para prejudicar ainda mais a empresa, agora a Espirito Santo Internacional processou a Pharol e quer um reembolso bastante grande", disse o trader da Orey iTrade.
A Pharol teve hoje conhecimento de um comunicado dos curadores da Espirito Santo International, S.A, ('Insolvente') pela qual estes declaram que essa sociedade falida vai processar judicialmente a PHAROL SGPS, S.A pedindo a condenação desta com um reembolso de 750 milhões de Euros, sem especificar os fundamentos desse pedido.
No entanto, a Pharol-SGPS rejeita ser devedora de 750 milhões de euros (ME) à falida Espírito Santo International (ESI), como exigem os curadores de insolvência desta ex-holding de topo da família Espírito Santo, anunciou a empresa em comunicado.
A Pharol-SGPS realça que, pelo contrário, é credora da insolvente Rioforte - outra ex-holding da família Espírito Santo - no montante de capital de 897 ME, "montante devidamente reclamados junto dos curadores dessa insolvência no Luxemburgo".
Os títulos do conglomerado Sonae YSO.LS contraem 0,61 pct para 0,97 euros, que hoje apresentará resultados depois do fecho da sessão.
O lucro da Sonae é visto a descer 12 pct para 121,3 milhões de euros (ME) nos nove meses de 2017, penalizado pela comparação com um período homólogo em que fez encaixes 'one off', e com as atenções voltadas para a contracção da margem no retalho alimentar sob a pressão competitiva, segundo analistas.
* No sector da pasta e do papel, a Navigator NVGR.LS cai 0,8 pct para 4,08 euros e as acções da Altri ALSS.LS caem 0,55 pct para 5,22 euros. A Semapa SEM.LS , que controla a Navigator e é dona da cimenteira Secil, recua 0,19 pct para 15,66 euros.
* O operador postal CTT CTT.LS perde 1,87 pct para 3,10 euros e a Corticeira Amorim CORA.LS cai 0,13 pct para 11,26 euros.
* Apesar das quedas do índice PSI20, o operador as acções da telecom NOS sobem 1,52 pct para 5,35 euros, depois do BPI (LS:BBPI) ter resvisto em alta o preço-alvo da NOS para 5,75 euros, de 5,70 euros, subindo a recomendação para Neutral.
* Também em terreno positivo, estão as acções da EDP-Energias de Portugal EDP.LS que ganham 0,4 pct para 2,98 euros. Já as da EDP Renováveis EDPR.LS desvalorizam 0,14 pct para 6,93 euros. A REN-Redes Energéticas de Portugal RENE.LS soma 0,23 pct para 2,60 euros.
* A Jerónimo Martins JMT.LS ganha 0,41 pct para 15,92 euros e a construtora Mota Engil MOTA.LS soma 0,52 pct para 3,31 euros.
EUROPA CAI
Uma queda nas acções de 'commodities' e uma tomada de lucros continuada fizeram as acções europeias cair para um mínimo de 8 semanas esta quarta-feira, mas a Airbus teve um 'rally' depois de garantir uma grande encomenda de aviões a jacto.
* "O destaque lá fora vai para a Airbus, que sobe bastante, depois dos grandes contratos assinados em encomendas de aviões, mas também para a Boeing (NYSE:BA) que, apesar de não ter garantido um contrato tão grande como o da Airbus, foi também positivo e hoje o sector estará em foco", concluiu João Travassos.
* Reflectindo a tendência europeia como um todo, o STOXX 600 .STOXX , que segue as 600 maiores cotadas da região, recua 0,61 pct. O Eurofirst 300 .FTEU3 desce 0,59 pct, enquanto o STOXX 50 .STOXX50 , que segue um conjunto mais restrito de 'blue chip', cai 0,55 pct.
* O principal índice de acções britânico FTSE 100 .FTSE desce 0,4 pct e o índice alemão orientado para exportações DAX .GDAXI cai 0,7 pct, afectado por um euro mais forte.
* Em Wall Street, o Nasdaq .IXIC perdee 0,79 pct, o S&P 500 .SPX desvalorizou 0,23 pct e o Dow Jones Industrial Average .DJI contraiu 0,13 pct.

15-11-2017 Detalhes
Pharol nega ser devedora 750 ME à insolvente ESI, aguarda citação judicial
Pharol nega ser devedora 750 ME à insolvente ESI, aguarda citação judicial

LISBOA, 15 Nov (Reuters) - A Pharol-SGPS rejeita ser devedora de 750 milhões de euros (ME) à falida Espírito Santo International (ESI), como exigem os curadores de insolvência desta ex-holding de topo da família Espírito Santo, anunciou a Pharol (LS:PHRA) em comunicado.
A Pharol-SGPS realça que, pelo contrário, é credora da insolvente Rioforte - outra ex-holding da família Espírito Santo - no montante de capital de 897 ME, "montante devidamente reclamados junto dos curadores dessa insolvência no Luxemburgo".
Adiantou que teve ontem conhecimento de um comunicado dos curadores da insolvente ESI, "pela qual estes declaram que essa sociedade falida vai processar judicialmente a Pharol-SGPS, pedindo a condenação desta última no reembolso de 750 ME, sem especificar os fundamentos desse pedido".
"A Pharol-SGPS não é devedora a qualquer título da insolvente ESI pelo que aguarda a sua citação na anunciada acção judicial para poder contestar e exercer todos os direitos de protecção dos 'stakeholders' da Pharol-SGPS", afirmou a Pharol.
Este é mais um capítulo na longa e dura 'saga' judicial que se seguiu ao espectacular colapso do império da família Espírito Santo e que levou à resolução do ex-Banco Espírito Santo (BES) em Agosto de 2014, com a criação então do 'good bank' Novo Banco, cujos 75 pct do capital só recentemente foram vendidos à Lone Star.
Várias 'holdings' da família Espírito Santo estão em processos de insolvência no Luxemburgo, onde estão sedeadas.
Em Fevereiro de 2014, a Pharol - antiga PT-SGPS - investiu 750 ME em papel comercial da Rioforte, depois de ter sido reembolsada desse montante pela ESI, cujos curadores agora exigem o seu pagamento.
A Rioforte posteriormente fez um 'default' da dívida e a Pharol é credora de 897 ME que tinha investido em papel comercial daquela.
A Pharol é a maior accionista da Oi, detendo 25,7 pct desta telecom brasileira.
O colapso do Grupo Espírito Santo levou à venda da telecom PT à Altice.

15-11-2017 Detalhes
Withdrawal Bitcoin
Withdrawal Bitcoin

Atenção!
Caros investidores e parceiros!
Em conexão com o crescimento do BTC, a partir de hoje a retirada para este sistema é de 0.00140000 BTC. Hoje é mais de 9,2 $. Com este curso, a retirada à taxa em dólares será de pelo menos US $ 10.
Comissão Os pagamentos de moeda foram alterados no momento em que é 0,00070000 BTC para qualquer transferência. Neste momento, é US $ 4,6

14-11-2017 Detalhes

Avaliações

Você está contente conosco? Você está satisfeito com todos os nossos serviços? Deixe uma avaliação
Deixe uma avaliação